Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Viagem à roda do meu nome


 


Viagem à roda do meu nome (Alice Vieira) foi o primeiro livro que comprei e li, ou seja, o meu primeiro livro a sério. Sendo ainda hoje uma das minhas histórias favoritas, conta a angústia de um rapaz por se chamar Abílio. Além de detestar o nome, ninguém na família lhe explica a razão para a escolha do seu nome, começando assim a sua viagem à descoberta da escolha do seu nome.


 


Acho que tinha 5 anos quando comecei a minha própria viagem: "Mãe, porque é que me puseste este nome? Porque a senhora da Conservatória não me deixou pôr Gabi Manuela." Agradeço até hoje a bendita lei que há em Portugal que não permite pôr nomes esquisitos aos filhos.


 


Mesmo assim, durante muitos anos senti-me diferente com o meu nome permitido por lei. Fui a primeira rapariga com este nome em Ferreira do Alentejo. Não havia princesas conhecidas com o meu nome, e mais tarde, quando descobri as suas origens, horror, era um nome que fora inventado no Sec. XIX para um livro. Eu tinha um nome diferente e moderno! Porque não podia ser Ana como todas as outras?


 



 


E só na minha adolescência é que conheci outra homónima. Espante-se: não tinha nada a ver comigo. Aos poucos, com o passar dos anos as homónimas foram surgindo: uma personagem num filme, uma miss Portugal...


 


Quando comecei a trabalhar tive duas situações caricatas: numa, eu e a minha homónima ficámos excitadíssimas por nos termos encontrado ao telefone "Que coincidência!", e outra em que a secretária de um Presidente de Câmara, já no final do telefonema, pergunta-me o nome e após a minha resposta, perde todo o protocolo e muito espontaneamente diz: "Mas que nome tão bonito!" ao que muito educadamente respondi: "Agradeço pela minha mãe!".


 



 


É por isso engraçado que, mesmo ao fim de tantos anos, ainda sinta estranheza, como hoje senti ao abrir os jornais gratuitos e ver o meu primeiro nome repetidamente. Estranheza mas feliz e esperançosa, porque há a possibilidade de a minha homónina, Telma Monteiro, trazer com ela uma medalha de ouro de Pequim. Por isso é com muita alegria e orgulho que digo: "Força Telma!"


 


Podem ainda não haver princesas com o nome Telma, mas há mulheres vencedoras, como a Telma Monteiro, mulheres bonitas, como a Telma Santos, mulheres inesquecíveis, como a Thelma do filme e mulheres únicas, como eu.


 



 


P.S. - A escolha do título é dedicado à Alice Vieira, por ter escrito um dos meus livros favoritos, que não levei para autografar, no dia em que a conheci.

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

subscrever feeds

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D