Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telma_txr

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telma_txr

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

15.05.13


Expectativa: Considerando que era um livro com opiniões tão positivas sobre um livro cuja temática é uma ménage à trois, eu esperava uma leitura leve, rápida e hot.

Estado de espírito: Precisava de ler algo para desanuviar da leitura de Gone Girl. 

Opinião: É difícil falar o quanto fiquei desiludida com o livro quando se trata de uma autora que não conhecia mas a premissa do livro (um bromance e um casal que aceita um melhor amigo na cama com eles) foi muito enganadora quanto ao conteúdo emocional do livro. 
Primeiro que tudo este é um livro "sério": não é erótica, não é romance, não é nada excepto chato e maçador e cheio de drama. Depois é contado da perspectiva da Anne. Pessoalmente preferia que fosse contado da perspectiva do James, o verdadeiro vértice do triângulo amoroso e alvo dos afectos de ambos. Teria sido mais interessante porque ele tinha muitos mais barreiras emocionais a ultrapassar.
Para mim o pior de todo o livro foi os dramas familiares: tudo aquilo foi uma completa perda de tempo, não acrescentou nada ao enredo, não tinha uma história propriamente dita e parecia apenas uma desculpa esfarrapada da autora para dizer "Vêem?! Isto não é apenas erótica, tem profundidade, tem drama". Haja paciência!

Depois as cenas de sexo, que poderiam ter salvo um pouco a coisa, acabaram por ser indutoras de sono, de tão desinteressantes que foram de ler. As regras de quem pode fazer o quê a quem foram simplesmente idiotas. A cena final absolutamente ridícula. A sério, que dramazinho de telenovela.  Ou seja, não gostei de nada, começando pela Anne e o seu egoísmo, pelo argumento, dramas familiares, final deprimente, etc.

Resumo: Anne e James vêm a sua vida doméstica repentinamente alterada quando um amigo de infância de James decide visitá-los. Depressa Anne percebe que o relacionamento entre os Alex e James é algo de especial: quando eram rapazes pertenciam a extractos sociais diferentes mas mantiveram a sua amizade até à universidade, altura em que tiveram uma grande discussão e se separaram. Muitos anos depois a reaproximação acontece, agora também englobando a Anne, não só a nível de amizade, mas a nível físico. Conseguirá o casamento de Anne e James resistir a um verão escaldante a três?

Pontos positivos: Nenhum.

Pontos negativos: Tudo.

Fez-me reflectir sobre: Decidem escrever livros sobre menáges à trois e depois inundam aquilo de preconceitos tornando-os leituras intragáveis.

05.09.06

Para quem conhece os livros de Nicholas Sparks sabe que acabei de ler um livro muito romântico. E assim foi!
A história é sobre duas pessoas cuja vida mudou bruscamente com os respectivos divórcios e que se conhecem durante uma tempestade.
Pode até parecer banal, mas a forma intimista como é contado faz toda a diferença.
Não foi nada bom para este coração solitário ler frases tão românticas mas não foi esse facto que diminuiu o livro, que é muito bom.
Qualquer livro deste autor vale a pena ler.

Nota: oferecido pelo meu amigo Nuno "Ovelha".

18.08.05

Hum... como definir este livro?
Primeiro tenho que explicar o meu estado de espírito. Com este, é o terceiro livro que leio que se passa em Itália. Ou seja, lugares italianos, nomes italianos... (será um sinal?).
Agridoce.
Eis o adjectivo.
A nível de escrita está longe de ser extraordinário (será da tradução?). A história é boa, mas também é má. A ideia, a construção do livro é boa (cada capítulo começa com uma receita de culinária), mas essa ideia já não é original.
Não é terno e carinhoso, mas não foi mau o suficiente para dizer que não gostei, porque até gostei.
Não sei... indefinido... qualquer coisa....
Sveva Casati Modignani

16.08.05

Este foi o segundo livro que li desta autora. Apesar de o nível de escrita dela estar longe de ser brilhante, as histórias são muito criativas onde as personagens têm características quase bizarras. E são também muito italianas.
Néctar não foi excepção. Retrata a vida de Ramona, a criada albina que enlouquece todos os homens da região com o seu cheiro muito apelativo.
É muito engraçado e uma boa leitura leve de quem não procura mais do que entertenimento.
Lily Prior

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D