Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Da compra de um colchão à compra de uma cama

Ontem fui ao IKEA com a minha amiga Cristina para ver a promoção dos colchões. Até ao dia 25 de Fevereiro o Ikea está com a promoção de 20% em vales Ikea Family a quem comprar um colchão de molas.


Antes de ir fiz uma pequena pesquisa de mercado online sobre os colchões IKEA e o feedback foi muito negativo, com algumas excepções. Isso e uma pesquisa online, tudo me indicava que comprar um colchão IKEA seria um erro. No entanto os preços deles são muito atractivos e não resisti a ir ver.

Seguindo o conselho do meu irmão, medi primeiro o tamanho do interior do meu carro e depois metemo-nos a caminho. A minha experiência de ir ao IKEA (loja física) é muito limitada: normalmente vou de manhã quando estou de férias, o que significa poder ver com calma a exposição, sem ter de "lutar" com os outros visitantes por alguns segundos a analisar uma peça. Ontem era um sábado à tarde em início de mês, estava demasiada gente lá dentro. Graças à boa disposição da minha amiga, consegui chegar à secção dos colchões. O colchão que eu tinha em mente é o mesmo que está na imagem, mas com as medidas de 140x200cm, por 279€, firme. Após algumas dúvidas tiradas, decidi compra-lo. A promoção ofereceu-me 55,80€ em vales IKEA que posso gastar até ao dia 31 de Maio.

 

Uma cama de ferro

Há muito tempo que eu queria uma cama de ferro e o IKEA tinha a Leirvik que além de ser a imitar as camas de ferro, tem aquele ar todo romântico e girly que adoro. Qual não foi a minha surpresa quando cheguei à secção das camas reparei que a cama Leirvik, que estava no website a 238,99€, custava apenas 74,98€.

Há dias tinha reparado que a dita cama tinha passado dos seus normais 89,99€ para mais de 200€ e eu não percebia porquê. Agora imaginem o meu choque quando lá cheguei e vi este preço. Algumas perguntas mais e decidi levar a cama. Na altura reparámos que a cama da exposição tinha um estrado de ripas simples, o Sultan Lade. O que eu tinha na minha lista de compras era um de um valor muito superior, o Sultan Laxeby. Esta é a diferença entre ambos:

Para a cama em questão precisava de dois estrados, o que significava uma diferença de preço de 27,98€ para 149€. A minha amiga perguntou-me: "Porque é que queres levar o estrado mais caro?" Para mim a resposta parecia obvia, porque era melhor. "Mas é apenas um estrado para segurar o colchão e até é o mais barato que até está naquela cama e tudo." E eu: "Mas este dá para regular o colchão em altura e tudo" e ela "Aquele parece estar bem alto com aquele estrado". Após mais algumas perguntas ao muito paciente funcionário na secção dos colchões, que se manteve muito neutro, decidi trazer os estrados mais baratos.

Quando cheguei a casa, voltei ao website do IKEA e fui ver novamente o preço da cama, quando reparei num detalhe que me tinha escapado antes:

 

O aumento do preço da cama devia-se ao facto do IKEA a estar a vender juntamente com o estrado Sultan Laxeby. Somando os 89,99€ da cama aos 149€ do estrado, resulta no actual preço da cama.
Aliás, verifiquei se o mesmo acontecia nas outras camas e o IKEA sugere quais são os estrados ideiais para cada cama. Os estrados que comprei não são sugeridos para esta cama. Aliás, alguma pesquisa depois percebi que um dos problemas de alguns estrados IKEA é que costumam escorregar e cair das camas. Talvez daí terem decidido sugerir que estrados deve o cliente comprar para cada cama.
Neste momento ainda não montei a cama e tenho 90 dias para decidir e efectuar a troca mas estou extremamente inclinada para ir trocar os estrados que comprei por aqueles que queria inicialmente. Não quero passar as minhas noites a cair da cama.

 

 

Vou ter uma cozinha Ikea e Fyndig é o seu nome

Hoje, ao fim de algum tempo a poupar dinheiro, dei início à segunda fase: comprar o essencial de mobília e electrodomésticos para habitar a casa. 

Para quem estiver a folhear o novo catálogo Ikea (2014) vai encontrar na página 102 a cozinha modular Fyndig do Ikea. Pois essa vai ser a minha futura cozinha. E vai perceber também que a Fyndig é incrívelmente barata.

Imagem Catálogo Ikea 2014

 

Hoje dirigi-me à Secção de Cozinhas do Ikea de Loures e foi necessário fazer alguns ajustes ao desenho que já tinha feito em casa, no planificador de cozinhas disponibilizado pela marca sueca. Isto porque a Fynding não consta do catálogo online. Eu tinha colocado móveis Faktum com as mesmas medidas que foram substituídos no orçamento. Ou seja, hoje marquei a data da verificação de medidas e fiz a simulação de orçamento da cozinha e da sua montagem. Por quase 1.300,00€ terei 10 armários (baixo e cima), forno eléctrico e placa de indução, exaustor, lava-loiça e torneira.

O balcão será a imitar madeira como o desta imagem:

 

Os azulejos como são azuis tive a ideia louca de colocar os puxadores também em azul, nomeadamente os Sätta

O que deve dar algo mais ou menos com este aspecto:

 

E, antes que tentem dissuadir-me do contrário, vejam primeiro o efeito final e depois enviem as vossas reclamações.

 

Foi complicado e um longo processo chegar à opção de comprar a low-cost Fynding em vez da opção Faktum, que é mais versátil mas também mais cara.

Sem entrar em muitos detalhes sobre a minha vida pessoal, parte da minha decisão passou por fazer um paralelismo com a minha experiência de comprar um carro novo: as mil e uma justificações que dei a mim mesma porque merecia ter um carro bom, um carro que funcionasse bem, um carro que durasse mais tempo. O que resultou dessa experiência foi que comprei um carro novo, que foi óptimo ao início mas cujo empréstimo me impedia de viver a minha vida. O que foi uma alegria inicial passou a ser uma obrigação. Eu não queria passar por uma experiência semelhante com a cozinha.

Afinal de contas o que eu preciso é do básico para viver. E num país de dívidas, desemprego e fome muito feliz estou eu por ainda conseguir fazer compras desta envergadura. Yay para mim e à minha futura cozinha.

Catálogo Ikea 2014

E o próximo catálogo Ikea promete algo que me vai dar imenso jeito, apesar de já ter a mobilia quase toda planeada: realidade aumentada.

A ideia é colocar o catálogo no lugar onde se quer a mobília, e com a app do telemóvel ou tablet, ver como vai ficar o objecto naquele lugar. Uma ideia genial que pode evitar chatices de deslocações e mudanças de ideias com algo que afinal, não fica ali tão bem.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D