Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telma_txr

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telma_txr

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

12.12.13

 

A Casa dos Espíritos

Apesar de ser apaixonada por literatura sul-americana sentia-me simultaneamente curiosa e intimidada em ler este livro, pela sua popularidade. "A Casa dos Espíritos" foi um livro de grande sucesso em Portugal, sucesso este impulsionado pela filmagem do livro nele baseado ter sido feita quase na sua totalidade no nosso país. Ultrapassada esta pressão mergulhei na sua leitura e depressa percebi que pouco ou nada me lembrava dos acontecimentos que tinha visto no filme há muitos anos atrás.
A acção desta história decorre num país sem nome da América do Sul, em tudo semelhante ao país da família da autora, o Chile. Neste livro seguimos três gerações da mesma família, desde o início do século até ao golpe de estado que depôs "O Candidato" eleito nos anos setenta. É curioso como o vilão da história sobrevive a todos os outros personagens que, de uma forma ou de outra, perecem à sua volta. Esteban é um homem duro e muitas vezes cruel, determinado a impor a sua visão do mundo na vida de todos aqueles que o rodeiam.

Felicitou-se por ter comprado uma passagem mais cara, pela primeira vez na vida, e concluiu que era nos pormenores que estava a diferença entre um cavalheiro e um camponês. Por isso, embora em má situação, desse dia em diante iria gastar dinheiro nas pequenas comodidades que o faziam sentir rico.

 

Essa sua atitude acaba por alienar todos aqueles que ele ama, principalmente Clara, quem ele amava de uma forma quase doentia. 

Enquanto Esteban é o sustento financeiro para as mulheres da sua vida, estas são o seu sustento emocional e espiritual. Sem elas Esteban não é ninguém e a morte de cada uma delas transforma sempre o rumo da sua vida.
Clara é uma dos três narradores da história e, durante grande parte da história, o pilar desta família pouco convencional. As suas qualidades sobrenaturais dão um colorido interessante a esta história maioritariamente de tom político. Aliás, não fossem os conflitos familiares, as características extravagantes de alguns personagens e o romance, "A Casa dos Espíritos" seria um livro terrivelmente monótono abafado pelos ideais políticos que a autora tenta transmitir. Há muito mais para dizer sobre este livro em termos de simbologia mas penso que análises desse tipo são mais dignas para uma dissertação do que para uma opinião geral de um blogue. Além disso sinto que sempre que sobreanaliso uma obra acabo por "matar" um pouco a magia da primeira leitura, patamar onde me quero manter em relação a este livro.
Gostei bastante d' "A Casa dos Espíritos" , principalmente do seu enredo denso e complexo, inundado de personagens interessantes e situações um pouco invulgares. A escrita é muito bonita mas longe da beleza de outros autores sul-americanos, como Gabriel Garcia Marquéz.

 

Nomes dos personagens: Clara, Blanca, Alba, Esteban, Férula, Pedro Tercero.
Nomes dos lugares: Três Marias, a grande casa da esquina, a capital.
Conteúdo sexual: Sensual e pouco descritivo.
Violência física: Sim, algumas cenas de tortura são descritas com bastante detalhe.
Violência psicológica: Sim, discussões e confrontos.
Mensagem: Maioritariamente política.
Pontos positivos: E escrita, a história da família e os poderes de Clara.
Pontos negativos: A parte política da história que quase sufocou o final.
Fez-me reflectir sobre: O quanto estamos ligados e precisamos uns dos outros.


Autor: Isabel Allende
Série: Tripartite (#3 de 3)
Editora: Difel
Estante: Grandes autores
Período de leitura: 21 de Junho a 27 de Julho de 2013.
Formato: Papel
Língua: Português
Classificação: 4: Gostei muito.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D