Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Aviso sobre os próximos artigos deste blog

Ando um bocado obcecada com a cozinha.

Quero falar sobre isso mas não quero tornar este em mais um blogue de culinária. Este é um espaço onde falo sobre a aventura de comprar casa e morar sozinha. E cozinhar sozinha. E para mim. E para o namorado de vez em quando.

Eu cozinhei diariamente quando era estudante, com as minhas colegas de casa. Era diferente. Sinto que estou a reaprender a cozinhar.

Eu estou em dieta, logo, a reaprender a comer. E tenho um orçamento apertado. Estou por isso um bocado no limbo sobre o que posso ou não comer, do que posso comprar e, acima de tudo, do que consigo ou não cozinhar. E pronto, quero falar sobre isso. Não quero que, os poucos que frequentam este espaço se sintam enfadados com os posts de comida mas neste momento preciso mesmo de falar sobre isso.

E de receber dicas. :)

Quando é que vens cá a casa almoçar?

Para quem tem seguido este blogue sabe que o último grande passo das obras seria a colocação da cozinha. Que aconteceu hoje. Antes de revelar o resultado final, vamos recordar como ela era antes:

 

 

Depois ficou assim:

 

 

E depois assim:

 

 

 

No passado dia 4, depois de muita decisão, medidas rectificadas, e de repetir a mim mesma que não ia à falência, fui à Leroy Merlin fechar o negócio. Houve precalços! O orçamento que eu tinha recebido não incluía os electrodomésticos que eu tinha escolhido, ou seja, o orçamento que eu tinha recebido não seria o final. Rectificou-se novamente o orçamento, incluíu-se os electrodomésticos em falta e BAM! mais 1000 euros do que o esperado. Eu ouvia sirenes, de certeza que foram apenas na minha cabeça mas pronto, ouvi! No entanto a D. Isabel disse-me "Calma... ainda falta meter os descontos!"

E então foi algo muito parecido ao extreme couponing: 10% aqui, 15% ali mais 5% acolá e foram menos 190€. Portanto a cozinha, electrodomésticos, transporte e montagem (de tudo!) custou-me pouco mais do que 2000€. Um pouco acima do que queria gastar mas mesmo assim acho que valeu a pena.

A entrega ficou combinada para este sábado, a montagem para hoje. No sábado a cozinha ficou assim, pós-entrega:

 

E hoje ficou assim (intro música da revelação do Querido, Mudei a Casa):

 

 

 

 

  

 

 

 

Tenho que acrescentar que tive que ir a Almada e voltar trocar o lava-loiças porque o que foi entregue estava ao contrário, apesar de bem facturado. E nas fotos a cozinha ainda não está limpa, ok?!

Ah, a equipa da Leroy Merlin foi infinitamente simpática, esclarecedora e isso contou muito. Não que tenha queixas do Ikea, que não tenho mas tive muita sorte com o Leroy Merlin, precalços e tudo.

 

OMG finalmente!! Estou tão feliz!! 

Medidas rectificadas

O senhor já rectificou as medidas da minha cozinha e está tudo ok. Agora é aguardar que me liguem do Leroy Merlin para ir "fechar o negócio", pagar e combinar o dia da montagem. É desta!!!

 

Novidades sobre a cozinha

Depois do anúncio (agora reconheço que foi um pouco prematuro) que ia comprar uma cozinha IKEA, da linha Fyndig, venho agora dizer que mudei de ideias e optei por comprar uma cozinha da Leroy Merlin. O que se passou foi o seguinte:

  • Primeiro montei a cozinha no software do IKEA e dei uma vista de olhos às alternativas MAS convenci-me que o Ikea seria a minha melhor opção preço/qualidade.
  • Fui ao IKEA, escolhi a opção mais barata que tem a desvantagem de ser modular. O que é que isto significa? Que, por exemplo, em termos de largura, só tinha duas opções: móveis de 40 cms ou de 80 cms.
  • Quando o senhor foi à minha casa rectificar medidas chegou-se à conclusão que me faltaria 2 cms para colocar a máquina de lavar loiça. Depois o senhor repetia exaustivamente: "Se fosse Faktum, era mais fácil, tapava esse buraco aí, agora esta fica assim, com esse buraco." E quando dei por mim via buracos em todo o lado: ao lado do fogão, entre a máquina de lavar loiça, nos móveis superiores... Iria ficar uma cozinha "Lego" e pouco bonita. A dúvida começou a instalar-se na minha mente: "Será que ao fim de tanto tempo é só isto que eu consigo pagar? Uma cozinha mal acabada?"
  • Decidi ver alternativas, como em espaços dedicados a este tipo de fabrico e construção, mas que infelizmente superavam em 1.000,00€ o que eu tinha escolhido no Ikea.
  • Entretanto, em conversa com uma amiga minha no comboio, ela sugeriu o Leroy Merlin. "Não vês aquelas cozinhas giríssimas que eles metem no "Querido, Mudei a Casa"? são todas de lá. Vai lá ver."
  • Quando cheguei ao trabalho, fui ao site da Leroy Merlin e fiquei surpreendida com o upgrade que tinha sofrido: não só tinha mais variedade de escolha como tinha os valores de todos os módulos das suas cozinhas à disposição, mais respectivos valores.
  • No fim-de-semana seguinte, já com o trabalho de casa feito, dirigi-me à Leroy Merlin de Almada onde pude retocar o desenho que levava comigo e fazer mais algumas alterações. A senhora que me recebeu foi uma simpática, que deixou o marido à espera, para ainda fazer o meu orçamento. Dois dias depois recebia uma boa surpresa por email: toda a cozinha era 300€ mais barata (e sem buracos) e o transporte com a respectiva montagem fica 250€ mais barata que no Ikea. Escolhi também o modelo mais barato mas podia me ter esticado para o modelo acima, se quisesse.
  • Apesar de ter feito algumas tentativas de telefonicamente marcar a rectificação de medidas, só hoje é que o consegui fazer porque fui mesmo à loja fazê-lo.

Assim sendo, as cenas do próximo capítulo, serão a rectificação de medidas que ainda será num dia a decidir. Depois disso, se tudo correr bem, compra e montagem da minha cozinha Leroy Merlin.

Vou ter uma cozinha Ikea e Fyndig é o seu nome

Hoje, ao fim de algum tempo a poupar dinheiro, dei início à segunda fase: comprar o essencial de mobília e electrodomésticos para habitar a casa. 

Para quem estiver a folhear o novo catálogo Ikea (2014) vai encontrar na página 102 a cozinha modular Fyndig do Ikea. Pois essa vai ser a minha futura cozinha. E vai perceber também que a Fyndig é incrívelmente barata.

Imagem Catálogo Ikea 2014

 

Hoje dirigi-me à Secção de Cozinhas do Ikea de Loures e foi necessário fazer alguns ajustes ao desenho que já tinha feito em casa, no planificador de cozinhas disponibilizado pela marca sueca. Isto porque a Fynding não consta do catálogo online. Eu tinha colocado móveis Faktum com as mesmas medidas que foram substituídos no orçamento. Ou seja, hoje marquei a data da verificação de medidas e fiz a simulação de orçamento da cozinha e da sua montagem. Por quase 1.300,00€ terei 10 armários (baixo e cima), forno eléctrico e placa de indução, exaustor, lava-loiça e torneira.

O balcão será a imitar madeira como o desta imagem:

 

Os azulejos como são azuis tive a ideia louca de colocar os puxadores também em azul, nomeadamente os Sätta

O que deve dar algo mais ou menos com este aspecto:

 

E, antes que tentem dissuadir-me do contrário, vejam primeiro o efeito final e depois enviem as vossas reclamações.

 

Foi complicado e um longo processo chegar à opção de comprar a low-cost Fynding em vez da opção Faktum, que é mais versátil mas também mais cara.

Sem entrar em muitos detalhes sobre a minha vida pessoal, parte da minha decisão passou por fazer um paralelismo com a minha experiência de comprar um carro novo: as mil e uma justificações que dei a mim mesma porque merecia ter um carro bom, um carro que funcionasse bem, um carro que durasse mais tempo. O que resultou dessa experiência foi que comprei um carro novo, que foi óptimo ao início mas cujo empréstimo me impedia de viver a minha vida. O que foi uma alegria inicial passou a ser uma obrigação. Eu não queria passar por uma experiência semelhante com a cozinha.

Afinal de contas o que eu preciso é do básico para viver. E num país de dívidas, desemprego e fome muito feliz estou eu por ainda conseguir fazer compras desta envergadura. Yay para mim e à minha futura cozinha.

Obras: Cozinha (antes e depois)









Na cozinha as obras foram mais radicais. Além da canalização, cortei o acesso ao gás e mantive apenas a electricidade. No entanto o termocumulador irá para o WC pequeno e onde antes estava o esquentador (mesmo ao lado da porta) agora está apenas uma superfície de azulejos. O fogão irá ficar no mesmo canto e os armários serão brancos com tampo em madeira clarinha ou branco. Por debaixo da janela da marquise também coloquei azulejos, para que o espaço fosse todo mais integrado.


 



Deixei uma parede sem azulejos (para grande confusão da minha mãe e do empreiteiro, onde ficará o frigorífico e uma bancada estreita.


 



Os azulejos são azuis com algumas riscas cinzentas e então achei que o estuque entre azulejos ficaria bem em cinzento também. Hoje tenho dúvidas se ficou bem ou não e penso que só com os móveis montados é que posso ver se a decisão foi ou não a mais acertada.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D