Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

A Mulher do Viajante do Tempo

Este foi o melhor livro que eu li nos últimos tempos. Lindo, lindo, fenomenal!
Criativo, bem construído, romântico sem ser piegas... Aborda um dos meus temas favoritos, viajar no tempo, de uma forma tão bem feita, que as personagens parecem reais.
Amar toda a vida um homem que só conhece em tempo real aos 20 anos de idade, enquanto ele, nunca a conheceu até esse dia.
Uma história de amor que dura uma vida, que é eterna.
Fiquei mais contente ainda por saber que o Eric Bana vai interpretar o papel do viajante do tempo no cinema. Fabuloso e perfeito. Não imagino como é que o vão conseguir fazer (o enredo e tal) mas espero que transmita a mesma ideia do livro: amar apesar de tudo, esperar sem esperança, acreditar no amor.

Entrevista com a autora sobre o livro no BookSlut.com
Página da Wikipédia sobre o livro
Página no IMDB sobre o filme

Outras críticas:
Bela Lugosi is Dead - A Mulher do Viajante do Tempo

O Perfume

Há anos que me recomendavam este livro. Já leste "O Perfume?" Não... respondia eu, muito envergonhada por nunca me ter sentido tentada a lê-lo. Depois quando veio a tentação, nunca mais o livro me chegava às mãos. Mas agora posso dizer que o li. Sim, li "O Perfume" e não, não me desiludiu.
Interessante, diferente, uma história bem contada. Pareceu-me infelizmente um pouco resumido. Como se o autor tivesse sido obrigado a resumir episódios da vida do personagem principal.
Não, não senti aqueles odores todos que são descritos no livro, mas gosto da ideia do super-nariz. Sinto-me agora tentada a ver o filme.

A Estrada



Comecei a ler este livro com uma curiosidade louca: o autor tinha vencido o Pulitzer deste ano, a Oprah andava a lê-lo e a história, um pai e um filho a percorrerem uma estrada, num mundo destruído.
A curiosidade em saber como é que o mundo tinha sido destruído foi o que me fez comprá-lo, e também o que me fez continuar a lê-lo. Mas no fim, era o que menos interessava...
É uma leitura pesada, chorei muito e tive que parar a leitura durante uma semana. Retrata um futuro negro, talvez muito próximo e aniquila qualquer sentimento de esperança. Não tem uma filosofia escondida, na minha opinião. É uma história que nos faz sentir em privação, como as personagens do livro. O que faz, afinal, de nós humanos e não animais? O que fazer quando já não resta esperança?
Adorei lê-lo, apesar de não parecer. Adorei, porque senti-me ali: com fome, frio, dores, naquela estrada. Adorei porque não é um livro bonito, para entreter, mas é um bom livro, bem escrito.
Parabéns ao autor, por imaginar o ser humano no limite da sua sobrevivência, aquele momento que não queremos conhecer.
Parabéns ao tradutor por ter capturado bem a linguagem do autor.
Pai e filho numa estrada. O amor emana no meio da destruição, no meio de uma humanidade sem esperança.

O Codex 632

Este livro é mesmo bom!Para quem gosta de histórias com grandes revelações históricas, estilo Código de Da Vinci, este é o livro a ler!Eu estava um pouco apreensiva, porque o José Rodrigues dos Santos é uma cara conhecida, um bom jornalista e pivô, mas daí a escrever um livro... Mas escreveu-o muito bem.
A intriga: Qual a verdadeira identidade de Cristóvão Colombo? Seria ele realmente um pobre tecelão genovês? Ah... as perguntas que nunca fizémos, o encanto de descobrir a verdade. Sim, porque eu sempre estranhei haver uma Cuba no Alentejo e uma ilha-país com o mesmo nome.
Acabaram-se as dúvidas, leia-se o livro, descubra-se a verdade!
Shvoong - O Codex 632

Mariana


É a primeira vez que vou criticar um livro depois de ter passado quase um mês (ou mais....) de o ter terminado. Por isso, creio, que não será uma crítica tão justa quanto as outras.
O não o ter criticado pode dever-se ao facto de não ter gostado de o ler. É uma história que retrata a terra onde nasci, uma época turbulenta, uma heroína romântica. Tinha tudo para ser uma leitura excelente. Mas não é.
A escrita é chata e deprimente, pretende ser algo que não consegue atingir e as únicas partes boas são os extractos das cartas originais, em que é evidente a diferença na qualidade da escrita.
O trabalho de pesquisa está bom assim como a construção das personagens mas é chato! Muito chato!! E por isso, penso que a autora não deveria insistir mais em escrever mais nada...

Tenho andado desaparecida...

... da blogosfera, nomeadamente dos meus blogs. Nunca usei o meu blog como confissionário, não será agora que vou começar mas posso dizer que existem razões para este "desaparecimento".


Por isso, vou fazer uma actualização do que tenho feito ultimamente.


Fui ver o filme "O Amor não Tira Férias" com as minhas "barriguitas" no dia em que trocámos prendas, antes de Natal.



Como prenda recebi o DVD do "Bocas", o boi que me fazia rir à gargalhada quando era miúda.


Depois do Natal, veio a passagem de ano...



...que celebrei mais uma amiga no Terreiro do Paço. Espectacular!


E ainda dançámos muito ao som de José Cid! Foi muito divertido, para repetir, sem dúvida!


Por fim, terminei o livro "Mariana", que foi um suplício para ler e ainda bem que já o terminei. Mas, agora estou sem livros para ler, porque não recebi nem "unzinho" pelo Natal. Aqui há complô!!!


A todos os meus amigos, um Feliz 2007, que seja bem melhor que o ano que terminou.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D