Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Shadowfever, de Karen Marie Moning

Autor // Karen Marie Moning
Série // Fever (#5 de 5)
Editora // Dell Publishing
Estante // Fantasia Urbana
Período de leitura // de 10 de Setembro a 8 de Outubro de 2015
Formato // Ebook
Língua // Inglês
Classificação // 4 estrelas

 

Opinião // Estou um pouco surpreendida com a minha falta de entusiasmo relativamente a 75% deste livro. Tirando a parte final da história (talvez cerca de 120 páginas) e um twist revelado um pouco antes, este Shadowfever foi um livro demasiado longo com demasiados pensamentos da Mac. Demasiados!

Talvez devesse começar por esclarecer que o meu interesse pelo romance Jericho / Mac era inexistente e por isso todo o enredo em torno de Jericho passou de "ah, ele é tão misterioso!" no primeiro livro para "ah não quero saber" no quinto livro. Foram demasiadas páginas à espera que aqueles dois se orientassem um com o outro e sinceramente, desde a cena da violação e fim do mundo que me tornei completamente indiferente com quem a Mac ficava. Isso não é algo mau, pelo contrário. Finalmente a Mac torna-se o centro de tudo, sem necessitar de uma muleta masculina para vencer o Sinsar Duhb. Ela faz as pazes com o seu lado negro e côr-de-rosa, teme e volta a duvidar de tudo e de todos mas segue sempre em frente até ao momento final. Adorei ver todas as pontas soltas serem fechadas, todos os mistérios resolvidos. Tudo fez sentido no final, teve lógica e eu gostei disso. O problema são as 400 páginas a serem lidas até chegar ali. É que é tanta a palha de pensamentos da Mac que eu já nem me queria ouvir a mim mesma a pensar! 

A saga continua (estão neste momento publicados sete livros com o oitavo previsto para 2016) mas este Shadowfever é o último da saga original. O sexto e o sétimo têm a Dany O'Malley como personagem principal e sinceramente não me parece que aguente 600 páginas de Dany como narradora (já bastou os excertos dela nos livros três, quatro e cinco).

  

Nomes dos personagens // McKayla Lane, Jericho Barrons, V'Lane, Dany O’Malley

Nomes dos lugares // Dublin

Conteúdo sexual // As cenas de sexo são intensas mas pouco explícitas.

Violência física // Sim

Violência psicológica // Sim

Pontos positivos // Gosto de tudo nesta série, tudo.

Pontos negativos // Talvez a parte final do livro que ficou um pouco confusa.

Fez-me reflectir sobre // Nem tudo o que parece é. Nem sempre é mau ser mau.