Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

No diário da adolescência #1: Caminho

O céu é azul e a planície é infinita, eterna.


É Verão e o calor envolve a minha pele, dificultando a minha respiração.


Ando.


Caminho.


Não sei para onde vou.


Apenas olho o infinito com a esperança de vir a encontrar outra coisa que não seja outra árvore, outra seara.


Tenho sede mas sei que há rios, algures, onde possa beber.


Não oiço nada a não ser os meus próprios passos mas, sei que algures, alguém canta, alguém grita, alguém ri.


Não vejo nada a não ser o horizonte mas sei que um dia encontrarei alguém.


Não sinto nada a não ser o sol na minha pele, mas sei que a estrada me leva a casa.


Estou cansada de andar mas tenho de continuar a seguir a minha estrada invisível, assim como a noite segue o dia e este segue a noite. Sempre.


 


Escrito em 96