Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Laços que Perduram

 

Resumo: Julie é uma viúva que tem um cão e é cabeleireira numa cidade pequena. Decide recomeçar a namorar e aceita o convite de Richard, um estranho que foi ao salão cortar o cabelo, e a convida. Após algumas saídas percebe que não está muito interessada em Richard e começa a sair com Mike, o seu melhor amigo. No entanto, Richard não desiste de Julie, está obcecado e vai fazer tudo para ficar com ela.
Crítica: Eu vou ser breve, não gostei do livro. Já é o terceiro livro de Nicholas Sparks que eu leio mas, apesar dos livros anteriores até terem sido engraçadinhos, este detestei. Parece que entre 2006 e hoje passou uma vida e ler Nicholas Sparks agora foi uma experiência agonizante. Além disso o autor aventura-se num género diferente daquele que é o seu habitual, espalhando-se ao comprido ao fazê-lo, na minha opinião. Há um constante mudar de perspectivas, com intervalos de apenas parágrafos entre si. Isto é algo que funciona no cinema ou TV mas não em livros. Diálogos em vez de texto, um vilão mediano, vítimas irracionais, enfim... Nem o romance foi suficientemente interessante. Dei por mim a revirar os olhos tantas vezes que já pensei que tivesse um tique e se tiver que apontar alguma coisa boa será apenas a investigação da agente Jenniffer qualquer-coisa. Respeito quem gosta de ler Nicholas Sparks (este livro foi-me oferecido por um grande amigo meu que é fã) mas para mim chega.
Expectativa e estado de espírito: Já era a minha 2ª tentativa de pegar no livro e li-o mais por teimosia do que vontade.
Pontos positivos: A investigação da jovem polícia.
Pontos negativos: O enredo, a escrita.
Fez-me reflectir sobre: Psicopatas que perseguem pessoas. Direitos dos animais.
Título Original: The Guardian.

4 comentários

Comentar post