Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Balanço do Outono Steampunk

por Telma Teixeira, em 14.12.11
Ao contrário do que aconteceu com o Verão Temático, a leitura temática para este Outono não correu muito bem. Dos 12 livros que tinha à minha disposição apenas os da Meljean Brook foram satisfatórios em termos de steampunk.
Here There Be Monsters, The Blushing Bounder, The Iron Duke e o Heart of Steel são os dois contos e dois romances da Meljean Brook que realmente me deram imenso gozo em ler, pois o seu universo complexo, com máquinas voadoras, carros a vapor, próteses mecanizadas, alterações genéticas e outros forneceram-me tudo aquilo que eu procuro no género.
Já no caso do Soulless, apesar de ter alguns elementos steampunk (dirigíveis e pequenos objectos mecanizados) considerei-o mais um romance paranormal, pois toda a acção é sobre o que acontece a lobisomens e vampiros.
Por fim o The Anubis Gates, que me surpreendeu da forma mais negativa possível: sendo constantemente referido como uma obra steampunk, não lhe encontrei nenhum elemento que indicasse o género.
Comecei recentemente o The Native Star. Até ao ponto onde estou na leitura ainda só falou de magia, por isso aguardo com expectativa porque é que este também é um livro mencionado como steampunk.
De fora ficaram outros livros que poderiam ter sido melhores opções, como por exemplo o Leviatã.
Todos aqueles que não foram lidos, tentarei lê-los num futuro próximo, sem o compromisso de pertencerem a esta leitura temática.
De positivo ficou o texto da WhiteLady3 sobre o steampunk e a sua companhia, assim como o da Joana Lima, em algumas destas leituras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:12


3 comentários

Sem imagem de perfil

De José Fiúza a 15.12.2011 às 09:45

Como sempre, é de louvar e aplaudir o entusiasmo e qualidade que pões nas vossas análises e partilha de opiniões acerca da leitura em geral e do Steampunk (seja lá o que "isto" represente para autores, editoras e leitores). 
Sem imagem de perfil

De tchetcha a 15.12.2011 às 16:47

Pois é José, por cá o Steampunk ainda não é conhecido e penso que muitas pessoas acham que simplesmente não vão gostar de ler, por ser muito estranho ou bizarro. Acho que só quando alguns livros começarem a ser adaptados para o cinema é que irão surgir mais leitores.
Compreendo em parte a necessidade de criar estas versões "hibridas" entre steampunk/magia ou steampunk/sobrenatural: é uma forma de atrair os leitores de sobrenatural/magia para este género, sem os chocar demasiado. Desde que funcione bem, é o que interessa.
Sem imagem de perfil

De WhiteLady3 a 18.12.2011 às 15:48

A minha leitura dentro deste tema neste Outono centrou-se sobretudo à volta da série da Gail Carriger, que tem muito mais de paranormal do que propriamente de Steampunk. Ainda assim foi uma boa leitura.

Não gostei tanto do conto The Blushing Bounder mas também adorei o livro da Meljean. Esta sim, como dizes, bem mais satisfatória em termos de Steampunk e, se me permites, de personagens. Digo isto porque o outro livro que me havia proposto a ler, Steamed de Katie MacAlister, ficou a meio por ter personagens horríveis! Onde já se viu uma capitã de uma aeronave permitir-se a faltas de respeito da tripulação e de um viajante? Se calhar fiquei mal habituada com a Yasmeen da Meljean, mas tendo em conta outros livros que têm a Marinha ou uma frota de dragões (Téméraire!) como pano de fundo, percebo que quando não há autoridade a coisa é má. :/

Por acabar ficaram as antologias Steampunk e Vaporpunk. Não vou colocá-las de lado, mas ler com tempo. Vou lendo um outro conto quando não me apetece pegar em histórias mais longas. :)

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D