Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Limpezas de fim de ano

Em anos anteriores preocupei-me em contabilizar o que tinha lido, o que ainda tinha na pilha por ler e na minha lista de desejos para o ano seguinte. Este ano como li tão pouco (metade do que o ano passado e tão pouco como em 2010) o meu foco de atenção vai dirigir-se para ler melhor.

Ler melhor é complicado. Nunca sabemos o que vamos ler até abrir as primeiras páginas de um livro. Acho que este é, aliás, o meu dilema constante: como escolher e comprar um livro que preencha os meus interesses?

Assim sendo e, aproveitando os dias de Natal que aí vêm, vou aproveitar o tempo extra para decidir o que vou fazer em 2015, no momento de escolher o próximo livro. O que vou fazer?

 

Menos livros na lista de desejos

Um dos primeiros passos (e um dos mais fáceis de concretizar) vai ser rever a wishlist que tenho no Goodreads, pois neste momento tem tantos livros quanto aqueles que li. Vou me fazer a mim mesma estas perguntas para manter ou apagar cada livro:

- Ainda me lembro porque é que o quero ler?

- Ainda quero ler este autor / género / saga / tema?

- É premiado?

- Aparece repetidas vezes em listas de sugestões?

- Foi me recomendado por alguém cuja opinião tenho em consideração?

Se responder pelo menos a 4 destas 6 questões, fica. 

 

Menos ebooks americanos

Ok, a opção pode parecer estranha para quem tem um kindle mas grande parte da "avalanche" de livros maus que tenho lido têm estas duas características. Assim, vou olhar para o Calibre, onde guardo os ebooks, e colocar as mesmas perguntas que farei para purgar a wishlist. 

 

Zeitgeist

Quero estar em mais sintonia com o agora. Sinto que não tenho andado a ler novidades e apetece-me. Foquei-me muito na "pilha" ultimamente (e devo continuar a focar-me) mas por vezes também sabe bem ler algo acabadinho de sair, aqueles livros de que toda a gente fala neste momento e não que falavam há 2 anos atrás. Outra opção são os livros de culto ou livros que foram premiados (Pulitzer, por exemplo). As minhas últimas experiências foram positivas e quero manter-me nessa onda.

 

Menos blogues, mais sites e revistas da especialidade

Grande parte das recomendações que obtive nos últimos anos tem sido através de blogues, nacionais e estrangeiros. Descobri livros fabulosos e verdadeiras desgraças literárias graças a essas recomendações. Mas ultimamente perdi o interesse. Simplesmente não me apetece ler opiniões escritas num blog (irónico, não é?) excepto se for de alguém cuja opinião valorizo. Por isso vou me focar em ler mais revistas como a Estante, A Revista Bang! ou mesmo a Somos Livros da Bertrand. No caso de literatura estrangeira a Tor enche-me as medidas. Aceito sugestões de mais revistas e websites do género.

 

Mais offline

Esta será talvez a resolução mais difícil de concretizar e no entanto é aquela que mais desejo neste momento.

Os últimos meses passei mais tempo offline e tem me sabido muito bem: parece que aquele bombardeamento constante de novidades, promoções, listas de "tenho de ler", os updates de leitura dos amigos no Goodreads, os booktubers etc... desapareceram. Na minha casa tudo o que tenho é as pilhas dos lidos e não lidos. Dos não lidos, olhos para alguns e penso: "Como é que tu vieste parar aqui? Que febre é que me deu para achar que ias ser interessante para mim?" Esta distância entre o momento em que desejei ler algo até ao momento em que o li não é saudável. Culpo em parte ao excesso de recomendações a que estive exposta nestes últimos anos. Menos é mais e espero que menos seja melhor.

 

A quem lê este blogue um feliz Natal e um excelente 2015.

 

 

 

Dois anos!

O SLNB faz dois anos de existência. Apesar de considerarmos o vídeo do final de 2013 como o vídeo zero, a verdade é que o projecto nasceu mesmo nessa altura, e desde então não parámos de conversar. Entre nós e para vocês.

Como parte da celebração deste segundo aniversário, vamos aceitar questões dos nossos espectadores (não serão respondidas perguntas pessoais) e respondê-las no último vídeo deste ano.

Poderão colocar as vossas questões aqui no blog ou no nosso grupo do Goodreads.