Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Desgracei-me na Feira do Livro

Ontem, enquanto conversava com a White Lady sobre a "Saga dos Filhos da Terra", a CatSadiablo indicou que a Europa-América tinha alguns destes livros numa feira que aconteceu no Porto e que provavelmente os encontraria aqui na FLL. Desta saga, editada pela Europa-América nos anos 90, eu só tinha o "Vale dos Cavalos".
 Hoje, consegui comprar quase todos os outros que foram publicados em português à excepção do "Planícies de Passagem Vol. 1" que parece nunca ter existido.
A "Saga dos Filhos da Terra" tem, neste momento, os seguintes volumes em português e inglês (por ordem):
  • O Clã do Urso das Cavernas
  • Vale dos Cavalos
  • Os Caçadores de Mamutes (vol. 1 e 2)
  • Planícies de Passagem (vol. 1 e 2)
  •  Shelters of Stone (inglês)
  • The Land of Painted Caves (inglês)
Quanto ao "Arcanum" que está também na imagem, comprei-o na Saída de Emergência. Como não quis na altura comprar mais nenhum, deram-me um "ticket" que, caso eu compre mais algum livro, posso trazer o 3º grátis.

Feira do Livro de Lisboa 2011 - Primeiras impressões

A Feira do Livro de Lisboa começou hoje e aproveitei a hora de almoço para ir espreitar e trazer comigo informação sobre as promoções das editoras.
Como eu e a minha colega fã de Nora Roberts combinámos ir todos os dias à hora de almoço, acabámos por não ver a feira em toda a sua extensão mas ainda parámos em algumas bancas para espreitar as oportunidades.
A primeira paragem foi na Saída de Emergência, muito bem localizada logo à entrada do lado direito. Muito bem arrumadinha é, sem dúvida um buffet de tentações, tanto para a minha colega como para mim, que prefiro o fantástico. 
Mesmo em frente estava a banca da APEL, organizadora do evento, onde perguntámos se já tinham o mapa da disposição das bancas. "Só amanhã." foi a resposta, o que originou a uma boa piada entre nós as duas, se respondêssemos "só amanhã" ao nosso chefe...
Continuámos pelo lado direito e subimos até a meio do jardim, atravessámos para o lado esquerdo e descemos. A metade de cima terá de ficar para amanhã. 
Passámos pela Europa-América, onde localizei os livros de bolso, dos quais provavelmente irei comprar um ou dois clássicos e seguimos até à Porto Editora. O espaço da Porto Editora está óptimo, têm grande parte da pouca sombra do parque e uma disposição em quadrado muito agradável. Os livros de bolso da  Nora Roberts que a minha colega procurava estavam bem visíveis e acabou travando amizade com outra fã do género que namorava a mesma banca. Foi na Porto Editora que trouxemos os únicos panfletos com os programas, da Porto e Bertrand. Entrámos por fim no Grupo Babel, que apostou em bancas fechadas. Se por um lado parece uma boa ideia, por causa do calor, por outro penso que irá tornar-se um pouco claustrofóbico quando estiver com mais visitantes.
Há ainda muitas bancas fechadas, principalmente as mais pequenas em contraste com os grandes grupos editoriais que estão bem organizados e prontos a facturar.
E agora vou rever a minha lista de desejos para ver se compro algo nos próximos 15 dias, ou não.

Terminar uma fase e passar à seguinte

Na 5ª feira à tarde terminou a obra do pedreiro, onde ele me devolveu a chave e eu fiz o pagamento. Ontem, armadas de detergentes, esponjas e afins, eu e a minha mãe fomos limpar a casa. Foi aí que eu dei por aqueles pequenos detalhes inacabados ou mal terminados. Não são muitos e não estou muito chateada porque o pedreiro disse logo que apitasse quando o visse mas aparentemente para a minha mãe e irmão quase que fui roubada.

Ainda por tirar está o betume dos azulejos, muito muito muito mesmo. É o que dá escolher castanho-escuro para os azulejos do wc.

O electricista vai passar por lá esta semana e terminar a parte dele. Combinámos que ele colocaria tudo como se estivesse terminado e quando avançar para a pintura (pelas minhas contas, não será já) ele remove novamente os espelhos das tomadas para não ficarem pintadas.

O mais interessante é que ainda mal terminei esta fase e a minha cabeça já está a fervilhar de ideias para a fase seguinte: decorar. E é aqui que certamente vou encontrar o meu maior desafio. Se é facto que terei de juntar dinheiro para a cozinha e para a pintura, será dramático conter os impulsos de comprar esta ou aquela peça para a casa. Vai me custar imenso passar os próximos meses apenas a juntar dinheiro, mesmo cujo objectivo seja ter a casa pintada e os móveis da cozinha.

Terá que ser porque um empréstimo está simplesmente fora de questão.

Blog da Moviflor

Media_httpblogmoviflo_wbjif

Há dias quando reclamava que não conseguia abrir o catálogo em pdf da Moviflor recebi um twit a indicar-me um link alternativo para consultar o mesmo. Hoje estive na Moviflor de Setúbal e agora, enquanto procurava o twitter oficial (@moviflorpt) descubro que têm um blog! Mais uma fonte de informação. Bem bom!

Pág. 1/3