Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Mozilla Firefox 2.0

Foi há um ano, ano e tal que o meu irmão me tentou convencer a usar um Internet browser novo.
"Vá lá, é fixe! É mais seguro, podes abrir várias páginas na mesma janela, é grátis..."
"Para que é que eu vou usar um programa diferente para ver as coisas da mesma forma? E estar a aprender tudo de novo, que seca..."
Mas experimentei à mesma. Chamava-se Mozilla Firefox e fiquei fã à terceira... pois, não via grande utilidade a usar outro programa para o mesmo, mas aos poucos foi-me conquistando. Fazia downloads de uma forma mais organizada, via várias páginas na mesma janela e era mais seguro contra os pop-ups...
Depois, como sou uma google junkie pude, através das extensões grátis que se podem instalar, colocar o meu gmail e calendário directamente no firefox. Ah... e uma série de outras coisas fabulosas.
Ontem lembrei-me de instalar o Firefox 2.0. À primeira vista, sem grandes alterações. Mas quando se vê com olhos de ver, descobre-se um corrector ortográfico integrado. Assinar uma feed? Não, não se precisa de instalar um programa à parte, tudo é feito a partir do browser.
Por ser grátis, por contar com a colaboração gratuita de milhares de pessoas e por ser uma ferramenta à frente, eu digo: ADORO-TE FIREFOX!!

Best of Blog's 2006

Há um ano atrás falei dos prémios BOB's que são atribuídos anualmente aos melhores blogs. Pois este ano dois blogs portugueses estão nomeados:

O podComer é um blog de culinária (um verdadeiro gigante) cheio de receitas boas.
O Diário de um quiosque é um divertido blog sobre o dia-a-dia atrás de um quiosque. Com uma análise constante às contas das vendas de jornais e respectivos rankings de vendas.
Em qualquer dos casos, duas boas nomeações! Força Portugal!

Cartão Europeu de Saúde

 


INFORMAÇÃO DA DECO

Antes de viajar para a Europa, dirija-se à segurança social e peça o cartão de  seguro de doença gratuito. Se precisar de assistência, tem os mesmos direitos dos cidadãos desse país.
A Comissão Europeia criou o cartão europeu de seguro de doença (CESD), que substitui eventuais documentos para aceder a cuidados de saúde, em particular o modelo E-111.
Em Portugal, desde 28 de Fevereiro último, é possível pedir a sua emissão na  instituição de previdência onde se encontra inscrito.
Também pode pedir o seu cartão na Loja do Cidadão.
Se viajar com a família, deverá pedir um cartão para cada elemento do agregado,  pois este documento é individual. Convém fazê-lo uma ou duas semanas antes da  viagem. Prevê-se que o cartão seja enviado para casa cinco dias após o pedido, mas podem ocorrer atrasos, sobretudo no Verão ou em épocas festivas, como o Natal, Carnaval e Páscoa.
Se os serviços não puderem enviá-lo a tempo, fornecem-lhe um certificado  provisório.
O cartão dá acesso a tratamentos urgentes (como o modelo E-111) e a outros em consequência de um acidente, doença ou maternidade. Só não poderá utilizá-lo se for ao estrangeiro para obter um tratamento que, por limitações técnicas ou  outras, é inviável em Portugal.
Munido deste cartão, tem acesso a cuidados médicos nas mesmas condições dos  residentes do país onde se encontra. Ou seja, recebe cuidados gratuitos, paga eventuais taxas moderadoras ou outras despesas aí cobradas. Além dos viajantes, o cartão pode ser usado por quem residir temporariamente no estrangeiro (estudantes, por exemplo). Ainda não foi definido um prazo, mas, em princípio, o cartão será válido durante um ano. Trata-se de uma vantagem sobre o modelo E-111, cuja validade era limitada ao período de estada no estrangeiro.

Onde posso utilizar?

Em qualquer dos 25 países da União Europeia. Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça. No Reino Unido, não tem de apresentar o cartão, bastando identificar-se com o B.I. Se possível, refira que pretende tratamentos do Serviço Nacional de Saúde.

Mais informação em European Health Insurance Card

Artesanato caseiro


Ontem comecei a escrever no meu novo blog Artesanato Caseiro.
A ideia principal é apontar para outros blogs sobre o novo tipo de artesanato que tem vindo a surgir nestes últimos anos.
Tenho descoberto coisas muito giras e queria organizá-las num só lugar.
Pensei primeiro em fazer um website mas rendi-me às evidências: é mais simples manter um blog que um website.
Espero que daqui a uns tempos já esteja recheado de coisas boas...

Flickr

Há algum tempo que estou registada no Flickr e é um serviço que gosto bastante.
Para quem não tem ideia do que estou a falar é um servidor gratuito de fotos. Ainda não é claro? Hum... É assim:
Para poder colocar fotos no meu blog e partilhá-las com o mundo posso colocá-las directamente no servidor do blog (o Blogger por exemplo permite fazer isso) ou terei que colocá-las num servidor de fotos.
Depois esse servidor disponibiliza a imagem e o link para a mesma. Os blogs do Sapo (serviço que uso com este blog) permite apenas a segunda hipótese: depois de colocar a imagem no serviço de fotos, insiro o link da imagem no post do blog e voilá, aparece a minha imagem.
O Sapo também tem um serviço de fotos facilitando o intercâmbio entre o blog e as fotos.
Mas eu, para dificultar a minha vida, decidi separar os serviços que utilizo.
O Flickr é mais fácil de utilizar do que pronunciar. Infelizmente, para poder utilizá-lo é necessário ter conta no Yahoo desde que foi comprado por este. Se a conta no Yahoo desaparecer, a conta no Flickr também.
Nem sempre foi assim, claro. Antes o Flickr utilizava o sistema de ID que era muito útil para algumas ferramentas que este tem (fazer slides, etc...) que está agora totalmente oculto. Por isso, para o redescobrir encontrei esta ferramenta, muito útil, onde se coloca o nosso link principal, revelando o código antigo de identificação.

Pág. 1/2