Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Os Escolhidos



Estreia hoje na TVI a nova série "Os Escolhidos", no original "The 4400". Esta nova série que aborda mais um tema do fantástico, de pessoas raptadas e devolvidas à Terra. Produzida por Francis Ford Coppola, que também produziu a excelente série "A Primeira Vaga" que a TVI também passou há uns anitos. Continuo a lamentar que continuem a passar estas séries a horas impróprias para raparigas trabalhadoras como eu...

He's just not that into you



Tendo em português o belo título Ele não está assim tão interessado, este é o belo livro que está a provocar entre as mulheres uma revolução. Qual?!
Parar de nos mentir a nós próprias em relação aos comportamentos dos idiotas dos nossos namorados e parar de perder tempo com esses idiotas....
É difícil e foi difícil para mim ler este livro, tendo em conta a fase que estou a atravessar...
A sensação é a mesma de saber o resultado de um exame médico. Ninguém quer saber que tantos anos de má alimentação resultaram em artérias entupidas e num eminente ataque cardíaco.
Mas, tal como uma doença, é melhor saber e tratar do que ter problemas de coração. Para bons entendedores meia palavra basta. E deixo aqui duas frases-chave:
He's not that into you (Ele não está assim tão interessado). Dont waste the pretty (Não desperdices a beleza).

Emprestado pela Raquel.
Lido em Inglês.


Meu anjo...



Não sei porque choro... Talvez com pena de mim. Será que alguém me vai chorar no dia da minha morte? Mais vale derramar todas as lágrimas que tenho em vida: chorar de tristeza, chorar de alegria, chorar por outros, chorar por mim. Porque eu sei que é um sinal de vida, tão forte como o bater do meu coração... E chorar é quase tão bom como não sentir nada. Porque esse sim é o sentimento supremo: abandonarmos o corpo a um estado catatónico, a um Ser que não É, a um indefinido infinito que comanda os nossos actos e que responde por nós. Sim... esse sentimento que nos desresponsabiliza de qualquer culpa, de qualquer consciência da dor que provocamos nos outros, esse sim, é o sentimento maior. Mas também é o buraco negro que nos consome...

Tomb Raider Legend

Hoje andei a procurar novidades sobre o novo jogo da série Tomb Raider. Descobri que está previsto o lançamento para Abril deste ano e que, aqueles que já jogaram a demo estão muito excitados com o lançamento do jogo. E eu também, claro!! Porque o jogo vai ter 75% daquilo que eu mais gosto no jogo: acrobacias e puzzles e 25% de acção. Óptimo! E encontrei um pequeno filme representativo do demo jogado. Dá para perceber a fluidez dos movimentos e a qualidade do jogo. Nunca mais é Abril... Bem-vinda de novo Miss Croft. Demos-Filme Tomb Raider Legend Posted by Picasa

Shining

Eu sou uma grande adepta de filmes de terror, mas mesmo que não fosse, seria estupidez dizer que este filme não é uma obra prima. Terrívelmente poderoso!! O que mexe muito comigo é o terror real, ou seja, não é um extraterrestre ou um vampiro que me mete medo. É o facto de um ser humano, alguém em quem confiamos, virar-se contra nós, que realmente me aterroriza. E este filme demonstra-o de uma forma perfeita. Poderia divagar infinitamente sobre os actores, sobre o realizador, etc, etc... mas não vou fazê-lo, porque só o vendo. Tudo funciona: o impacto visual, a música, os tempos... perfeito ao milímetro. http://www.imdb.com/title/tt0081505/ Aluguem, peçam emprestado, mas vejam. Vale a pena! Posted by Picasa