Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Telmixa

Mix de leituras, organização, tv, filmes, tecnologia e de mim, claro!

Dívida de Sangue

Resumo: No estacionamento do Merlotte's é encontrado o cadáver de Lafayette, o cozinheiro. Mas antes que Sookie pudesse ajudar a descobrir quem matou o seu amigo, é "emprestada" aos vampiros de Dallas, por Eric, para descobrir o paradeiro de um vampiro desaparecido. Desconfiando de uma Igreja de fanáticos que odeiam vampiros, Sookie e Hugo, um humano que também tem um relacionamento com uma vampira, dirigem-se às instalações da Igreja Irmandade do Sol para a investigar. Depressa percebe que caíu numa armadilha. Depois de várias situações de perigo vividas em Dallas, Sookie percebe que nem sempre pode esperar que Bill reaja como um humano e decide voltar para Bons Temps sozinha.
Decidida em retomar a investigação da morte de Lafayette, infiltra-se numa orgia com o apoio de Eric e uma ménade acaba por ajudar na festa... Já de pazes feitas, Sookie e Bill desvendam um novo mistério, agora relacionado com a família deste...


Crítica: É possível ler-se este Dívida de Sangue sem ter lido o primeiro livro, Sangue Fresco. Isto porque Charlaine Harris tem o cuidado de desenvolver um pouco melhor as personagens que foram introduzidas no primeiro livro e a trama desenrola-se de uma forma independente do enredo anterior. Há também um cuidado maior em falar das características de cada criatura apresentada: vampiros, metamorfos, ménade, etc... Sookie parece, por isso, estar mais alerta, mais observadora e mais consciente do mundo que a rodeia.
Há personagens que começam a ganhar mais destaque, como por exemplo Eric e foi fácil perceber porque é que ele é um dos personagens favoritos destes livros.
Dívida de Sangue é, primeiro que tudo, um romance policial de crime e mistério, com uma componente de sobrenatural à mistura.


Pontos Positivos: Sentido de humor, um maior foco e exploração na telepatia da Sookie, muita aventura e momentos de grande tensão.


Pontos Negativos: Algumas cenas são difíceis de visualizar, porque são descritas muito rapidamente e em poucas frases, não se percebendo bem o que está a acontecer.


Expectativa e estado de espírito: O livro revelou-se melhor do que pensava (sem dúvida melhor do que o primeiro) e melhor que a segunda temporada da série de televisão nele baseado. As personagens revelaram-se consistentes nos seus actos o que me agradou bastante. Foi muito satisfatório.


Fez-me reflectir sobre: A falta de controlo e a vontade de controlar os actos dos outros. O querer manter uma moral quanto todos os que nos rodeiam revelam não a ter.